Gladbach sofre com falhas individuais e escolhas equivocadas do técnico em derrota para o Leverkusen no retorno da Bundesliga

Foto: Reprodução/Imago

Depois de uma longa espera, o Borussia Mönchengladbach retornou aos trabalhos na Bundesliga neste domingo (22) em jogo válido pela 16ª rodada diante do Bayer Leverkusen, disputado no Borussia-Park. Em mais uma atuação catastrófica, o Gladbach foi supera por 3 a 2 – Bakker, Adli e Amiri anotaram os tentos dos Aspirinas, enquanto Lars Stindl marcou duas vezes pelos Potros.

Assim como na reta final do ano passado, o técnico Daniel Farke optou por repetir o experimento de Christoph Kramer exercendo a função de um camisa dez, algo que obviamente não funcionou, mais uma vez. O Borussia até iniciou o jogo com posse de bola e algumas finalizações, mas sem a urgência necessária na linha de frente, enquanto na parte defensiva, os espaços ficavam cada vez mais evidentes.

Ramy Bensebaini errou a jogada no ataque e não conseguiu impedir o contra-ataque com falta. Mesmo com superioridade numérica dentro da área, o time não conseguiu impedir a primeira finalização, que foi na trave, e o rebote, que parou nos pés de Bakker, livre para abrir o placar. Já no final da primeira etapa, Elvedi falhou clamorosamente ao errar o tempo de bola no meio-campo, Adli se aproveitou e percorreu mais de 50 metros para entrar na área e bater no canto de Omlin, dobrando a vantagem dos visitantes.

Mesmo diante de outra atuação absolutamente vexatória na primeira etapa, o técnico Daniel Farke não realizou qualquer alteração. Incapaz de trabalhar as jogadas com o acabamento necessário, o Borussia ainda levou mais um aos 67’ com Amiri – o meio-campista teve enorme liberdade e finalizou da entrada da área, no cantinho, após finalização rasteira no meio de três defensores dos Foals.

Representando como um digno capitão, Lars Stindl, que entrou na segunda etapa na vaga de Kramer, ainda conseguiu anotar dois gols para os Potros. Na primeira oportunidade, uma boa jogada coletiva foi construída e Wolf rolou para o capitano, que chegou chutando de esquerda, a bola ainda bateu na trave antes de balançar as redes. Nos instantes finais, Itakura encontrou bom passe pelo centro, Stindl dominou e acertou um petardo, balançando o travessão antes de parar no fundo do gol.


A reação, no entanto, foi tardia, e o Borussia Mönchengladbach amargou mais uma derrota, além de colocar novamente a confiança da torcida em dúvida sobre as perspectivas do clube. Em 8º lugar com 22 pontos, o Gladbach volta a campo na quarta-feira (25) para visitar o Augsburg.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s