Ídolo e referência, Yann Sommer deixa o Borussia Mönchengladbach após quase nove anos para se juntar ao Bayern de Munique

Foto: Reprodução/GladbachLive

Depois de uma longa novela, o goleiro Yann Sommer, 34, finalmente deixou o Borussia Mönchengladbach rumo ao Bayern de Munique por €8M fixo e €1,5M em bônus. Contratado para substituir Marc-André ter Stegen, o suíço rapidamente se estabeleceu no gol dos Potros e virou referência dentro da Bundesliga, especialmente pelas grandes atuações contra a equipe bávara, novo destino do arqueiro.

Quase sempre em altíssimo nível, Yann Sommer vestiu a camisa do Borussia Mönchengladbach em 335 oportunidades, sendo o estrangeiro que por mais vezes representou os Potros em toda história. O arqueiro suíço sequer teve uma boa oportunidade para se despedir do clube, uma vez que na última aparição pelos Foals, Sommer acabou jogando apenas treze minutos na eliminação para o Darmstadt pela Copa da Alemanha, algo que colocou em risco a participação do goleiro na Copa do Mundo.

Apesar de alguns momentos de instabilidade na meta do Borussia, o goleiro se recuperou bem nos últimos anos e alcançou um nível altíssimo de jogo, figurando entre os melhores goleiros da Europa e, para muitos, o melhor goleiro da Bundesliga nas últimas temporadas. Dentre várias atuações épicas de Sommer, boa parte delas aconteceram contra o próprio Bayern de Munique, tendo como destaque o último embate, no qual o suíço registrou um recorde de defesas – foram dezenove intervenções, sendo onze dentro da área.

Foto: Reprodução/Imago

Yann nos procurou e expressou o desejo de se juntar ao Bayern. Por causa de quanto o clube devia a ele, exploramos a possibilidade de atender o desejo dele, algo que fomos capazes de fazer por um valor aceitável e sob a condição de encontrar um substituto adequado imediatamente. Gostaríamos de agradecer ao Sommer pelas atuações incríveis nos últimos oito anos e meio de puro profissionalismo”, disse Roland Virkus, diretor esportivo dos Foals.

Aproximando-se do final do contrato com o Borussia, a possível renovação foi se arrastando, mesmo com os dois lados sempre mantendo um diálogo aberto e indicando a permanência. Nesse meio tempo, equipes do mais elevado nível europeu demonstraram interesse, como o Manchester United e a Internazionale. A oportunidade de se juntar ao Bayern de Munique se deu pela grave lesão sofrida por Manuel Neuer e essa mudança foi atrativa para o suíço, que expressou o desejo de se mudar para a equipe da Baviera.

Como a renovação não viria de toda forma, o Borussia resolveu estipular o preço de venda atrelado a contratação do possível substituto, o compatriota Jonas Omlin. Roland Virkus e Daniel Farke fizeram jogo duro, até que o Bayern atendesse as exigências do Gladbach.

Não apenas entre os maiores dos últimos anos, mas Yann Sommer certamente está entre os maiores ídolos da história do Borussia Mönchengladbach, clube que salvou incontáveis vezes com defesas espetaculares. Era difícil imaginar um futuro sem Sommer no gol dos Potros, mas o mundo do futebol propicia situações inesperadas a cada momento. Resta a torcida agradecer pelo carisma, profissionalismo e especial a qualidade monumental do arqueiro suíço.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s