Gladbach se redime das atuações caóticas e vence o Dortmund de forma categórica no último jogo do ano

Foto: Reprodução/Imago

Rodeado de desfalques e em fase tenebrosa, pouca coisa se esperava do Borussia Mönchengladbach no confronto contra o Dortmund nesta sexta-feira (11), partida válida pela 15ª rodada da Bundesliga, a última do ano antes da parada para a Copa do Mundo. Contrariando as expectativas, o Gladbach superou o Dortmund por 4 a 2 – gols de Hofmann, Bensebaini, Thuram e Koné, enquanto Brandt e Schlotterbeck marcaram pelos aurinegros.

Assim como no último jogo dentro de casa pela Bundesliga, o Gladbach abriu o placar logo aos 4’ com Jonas Hofmann, agora aproveitando ótimo passe de Stindl nas costas da defesa. A resposta do Dortmund chegou aos 19’, quando Jude Bellingham acertou belíssimo passe por elevação nas costas da defesa, o inglês encontrou Julian Brandt, que dominou e finalizou para igualar o marcador.

Uma das equipes mais perigosas na bola parada, o Gladbach fez o uso dessa tática para voltar a liderança do placar – Jonas Hofmann cobrou falta no centro da área e Ramy Bensebaini, absolutamente livre entre os defensores adversários, cabeceou para o fundo das redes. Logo em seguida, Marcus Thuram arrancou do meio-campo de forma impressionante, deixou um defensor na saudade e demonstrou total frieza na cara do gol, o francês gingou e deixou Kobel no chão antes de tocar para o gol.

Sem desistir e em confronto eletrizante, o Borussia Dortmund também fez uso da bola parada como forma de retornar ao jogo. Depois de cobrança de escanteio, Jan Olschowsky fez boa defesa no reflexo, porém no rebote, Schlotterbeck apareceu livre para marcar.

Corrigindo um erro grave das últimas partidas, o técnico Daniel Farke sacou Kramer no intervalo, dessa forma, Jonas Hofmann passou a ganhar maior mobilidade dentro da linha ofensiva. E foi dos pés do alemão que o caminho da vitória começou a aparecer para os Potros – Jonas dominou, girou e tocou para Manu Koné na entrada da área, o francês deu um toque na bola e bateu cruzado, contando com leve desvio para ampliar o marcador.

Ainda mais perigoso na etapa complementar, Marcus Thuram teve três ótimas oportunidades para aumentar a vantagem no placar, contudo o atacante acabou desperdiçando todas elas – em duas, acabou errando o alvo e finalizando pra fora, mesmo desmarcado, já na outra chance, acabou parando em defesa de Kobel. Os Potros até chegaram a balançar as redes mais uma vez, porém o gol foi invalidado após suposta falta em Mats Hummels.

Com mais três pontos na tabela, o Borussia Mönchengladbach fecha o ano com 22 pontos conquistados após 15 partidas, ocupando provisoriamente a 7ª colocação. Agora o campeonato entra em hiato para a disputa da Copa do Mundo.

Borussia: Olschowsky, Scally, Friedrich, Elvedi, Bensebaini; Weigl, Koné (Itakura), Kramer (Herrmann); Stindl (Netz), Hofmann e Thuram

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s