Com outra atuação apática e sem inspiração, Borussia Mönchengladbach conta com jogo espetacular de Yann Sommer em empate diante do Hoffenheim

Foto: Reprodução/Getty Images

Depois de derrotas e mais derrotas, o Borussia Mönchengladbach empatou por 1 a 1 diante do Hoffenheim, fora de casa, em jogo válido pela 17º da Bundesliga. Breel Embolo anotou o tento dos Potros, que de forma apática e passiva, levaram o empate nos acréscimos do segundo tempo com Akpoguma marcando para os mandantes.

Apático, sem qualquer combatividade e criação de jogo, o Borussia foi amplamente dominado nos primeiros minutos de jogo, exigindo e muito do goleiro Yann Sommer, destaque absoluto da partida. O arqueiro suíço realizou pelo menos três defesas importantes no início do confronto, sendo uma delas espetacular, cara a cara com o atacante adversário. Depois de meia hora de jogo, o Gladbach passou a oferecer algum perigo, porém, como de costume, desperdiçou todas elas.

Na primeira ocasião, Stindl recebeu passe nas costas da defesa e avançou, sem marcação e ao chegar na frente do gol, chutou quase que recuando para Baumann. Na sequência, Herrmann teve oportunidade pela direita e bateu cruzado, longe do alvo – Thuram aparecia como opção de passe. Por último, Breel Embolo recebeu passe nas costas da defesa, venceu a marcação, porém a finalização do atacante foi direta no goleiro. No escanteio gerado por esse lance, Bensebaini desviou de cabeça e Embolo apareceu para completar para o fundo das redes.

Ainda mais apático do que na primeira etapa, o Gladbach voltou a depender única e exclusivamente do goleiro Yann Sommer, que seguia realizando intervenções de alto nível. Na defesa, muito espaço para os laterais adversários chegarem à frente, seja pra cruzar ou atacar o espaço, enquanto os alas do Gladbach se limitavam a chegar na metade do campo. No ataque, exceção a Breel Embolo, que lutou bastante, nenhum outro jogador foi digno.

A bola sempre pune no futebol e ao sacar Marcus Thuram, de exibição completamente ofuscada e horrível, e lançar Luca Netz, um lateral, Adi Hütter chamou ainda mais o adversário. Não que o Borussia tenha feito qualquer coisa na etapa complementar, mas o técnico simplesmente abdicou de qualquer tentativa de ataque ao realizar essa tardia alteração, efetivada somente aos 73’.

Aos 90+1’, em lance cantado durante todo jogo, um cruzamento partiu com liberdade do lado esquerdo, houve um desvio de cabeça no qual Luca Netz disputou sem qualquer vontade de vencer a disputa, a pelota sobrou para Akpoguma, livre na pequena área, marcar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s